Menu Fechar

Apreciação e Votação das Grandes Opções do Plano para 2022 – Assembleia de Freguesia de Carcavelos e Parede

Vem a Junta de Freguesia da União de Freguesias de Carcavelos e Parede, pedir a aprovação por esta Assembleia de Freguesia das Grandes Opções do Plano para o período de 2022 a 2026.
Na realidade as Grandes Opções do Plano para o período de 2022 a 2026 não são mais do que uma listagem das actividades onde a Junta de Freguesia se propõe utilizar o orçamento anual de cerca de 2 milhões de euros para os próximos anos.

É flagrantemente óbvio que não existe nenhuma visão estratégica para o futuro da freguesia e dos seus inúmeros problemas em áreas como a mobilidade, os espaços verdes e ambiente, a educação ou a acção social. Não existe nenhuma análise nem quantificação dos diferentes problemas, não existem objetivos quantificados em nenhuma destas áreas, não existe nenhuma orientação estratégica do que se pretende obter.

Perante a ausência de espaços verdes, o crescente congestionamento, o desaparecimento do comércio local, os repetidos problemas na educação pública ou os profundos problemas sociais, estas Grandes Opções do Plano para o período de 2022 a 2026 limitam-se a um conjunto de “programas” e “subsídios” cujo principal objetivo parece ser o de geral propaganda, mas cujos resultados efetivos são, no mínimo, desconhecidos.

Esta Junta de Freguesia abandonou o seu papel político, a sua capacidade interventiva, e a sua representação da vontade dos fregueses, para se tornar um órgão meramente administrativo, sem qualquer responsabilização pela ausência de resultados.

Nestas Grandes Opções do Plano para o período de 2022 a 2026, a Junta de Freguesia confirma que prefere ser uma mera executora das políticas e decisões tomadas pelo PSD a nível da Câmara Municipal de Cascais, do que ter, como órgão autárquico, um papel activo na defesa dos fregueses e no progresso da freguesia.

Em face do exposto, a Iniciativa Liberal vota contra.

Assembleia de Freguesia da União de Freguesias de Carcavelos e Parede
22 de dezembro de 2021

Pelo representante da Iniciativa Liberal,

Tiago Albuquerque