Menu Fechar

CULTURA E PATRIMÓNIO

Mais cultura, Mais Liberdade

A cultura e o património de um povo são parte essencial do ADN de uma sociedade e reflexo da liberdade da mesma, e representam a história passada e futura que conjuntamente construímos.

Tal como em muitas outras áreas da sociais o Estado encontra-se demasiado presente manipulando a oferta ou limitando-a, sendo que os cidadãos – os maiores interessados na produção da cultura acabam muitas vezes por não ser o enfoque dos decisores políticos devido aos interesses acumulados.

Para a Iniciativa Liberal a cultura deve ter o enfoque nos cidadãos e nas suas necessidades e é por isso essencial mudar a mentalidade de subsidiação da oferta para a promoção da procura.

Também na área do património é da máxima importância a conservação dos espaços histórico-culturais públicos e privados. O município deverá ser uma garante da manutenção da identidade dos edifícios, não sendo necessariamente ela a exploradora ou proprietária dos espaços.

1.

Aumentar a Liberdade de Escolha e Oferta na Cultura

  1. Promover, com base em critérios objetivos, a realização de grandes eventos culturais e desportivos.
  2. Dinamizar os espaços culturais ao ar livre.
  3. Fomentar a divulgação de novas obras literárias através de eventos nos espaços culturais do concelho.
  4. Promover a digitalização dos canais de divulgação de eventos culturais, através da reformulação das aplicações para telemóveis e computador.
  5. Colocar Cascais como destino preferencial para grandes eventos na área da música.
  6. Desenvolver espaços específicos no concelho para a realização de eventos musicais, não pondo em causa a qualidade de vida dos residentes.
  7. Promover a arte urbana como forma de valorização cultural e patrimonial.
  8. Eliminar a diferença nos preços dos bilhetes entre funcionários do município, residentes e não residentes em todos os espaços culturais geridos pelo município.
  9. Agrupar a agenda cultural existente no concelho e sua publicitação nos MUPIs camarários.

2.

Promover o Património Cultural

  1. Promover um concurso público internacional para gestão e dinamização de espaços culturais do concelho, como o Hipódromo Municipal, A Casa das Histórias de Paula Rêgo e o Centro Cultural de Cascais.
  2. Definir os polos de divertimento noturno, em articulação entre moradores e utilizadores.
  3. Rentabilizar todos os edifícios públicos históricos do concelho que não estejam atualmente a ser utilizados.
  4. Criar um polo cultural no concelho nas batarias da Parede.
  5. Promover a digitalização dos arquivos históricos facilitando a consulta remota a todos os interessados.
  6. Explorar e preservar o vasto património arqueológico do concelho de Cascais, integrando-o em circuitos de lazer, nomeadamente percursos pedestres ou cicláveis.
  7. Promover e divulgar as potencialidades do turismo marítimo, nas áreas da arqueologia subaquática.
  8. Organizar um mercado mensal de rua dedicado às artes.